TRANSPARÊNCIA

Para mobilizar, sempre partimos da ideia de respeitamos e valorizarmos cada pessoa e seu conhecimento. Defendemos o diálogo e a democracia em todas as situações pois TODOS tem muito à ensinar, uns aos outros. Por isso, atuamos de forma não leviana ou abstrata: cada pessoa é ÚNICA e tem seu direito de se expressar. Por isso, convidamos à todos que desejarem ter seus textos ou ideias publicadas em nosso BLOG, participem!

 

É dessa união que construiremos, sem dúvida alguma, uma sociedade melhor e mais HUMANA.

2010 ~ 2018 © ClaudioDiMauro.com.br   TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 

desenvolvido por

BIBLIOTECA

Abaixo, você uma verdadeira BIBLIOTECA dos mais diversos assuntos e teses, disponibilizados em .PDF para download e leitura.

Boa diversão, leiam, conheçam e discutam sem moderação.

Rio Claro (SP) - Cidade do Esporte

Américo Valdanha Neto, Irineu Manuel Castro e José Roberto Gnecco

 

O texto apresenta uma retrospectiva histórica do esporte no município de Rio Claro e analisa as várias modalidades e programas esportivos.

A Educação no Movimento de Criação: 1997 a 2004

Romualdo Dias

 

Capítulo do livro "Educação Municipal: experiências de políticas democráticas". Ubatuba (SP): Estação Palavra. 2004. O Autor relata a experiência e os avanços da educação pública municipal, desenvolvida em Rio Claro (SP) de 1997 a 2004.

Gestão do Saneamento Básico

Cláudio di Mauro

 

Cerca de 2 bilhões de pessoas não possuem acesso ao saneamento básico. Trata-se de uma das principais causas de doenças que afetam e matam, especialmente as populações mais pobres.O texto aborda a evolução do saneamento básico no Brasil e exemplifica com a experiência de Rio Claro (1997-2004). Fica demonstrado que não havia necessidade de oferecer o DAAE laro em concessão para iniciativa privada.

O locus municipal e a perpectiva da inclusão social

Ada Bragion Camolesi

 

O locus municipal com a perspectiva da inclusão social: possibilidades e desafios em presença num cenário complexo. Uma aproximação às experiências do município de Rio Claro (SP). O texto aborda a visão da realidade social; a inclusão/exclusão social e analisa os elementos da gestão social.

Trabalho e Desenvolvimento Econômico

José Roberto Hebling

 

O texto apresenta o relato de uma experiência política prática exercida na administração pública do município de Rio Claro no desenvolvimento de atividades da Secretaria de desenvolvimento econômico.

Habitação: Um grande desafio

Iára Leme Russo Cury

 

O trabalho tem como proposta refletir sobre a questão habitacional sob algumas perspectivas integrantes do processo: o poder público(federal, estadual e municipal)com a implantação das políticas públicas, formulação de legislação, diretrizes e fiscalização; entidades que atuam no setor habitacional (representantes de profissionais do planejamento urbano e da construção civil);e a sociedade civil.

Estatuto da Cidade: Função social da cidade e da propriedade

Arlete Moysés Rodrigues

 

O texto apresenta os instrumentos contidos na Lei 10.257/01- Estatuto da Cidade. Aponta algumas das contradições, conflitos, permanências, mudanças no Estatuto da Cidade, em relação à questão fundiária urbana, às atribuições da união, estados e municípios, planejamento urbano e participação social.

Código de Proteção das Águas

Prefeitura de Rio Claro (SP)

 

CÓDIGO DE PROTEÇÃO DAS ÁGUAS DO MUNICÍPlO DE RIO CLARO (SP) institui a Política Municipal de Recursos Hídricos, estabelece normas e diretrizes para a recuperação, preservação e conservação dos recursos hídricos e cria o Sistema Municipal de Gerenciamento dos Recursos Hídricos (SIMGREHID)

Política Nacional de Resíduos Sólidos

 

Lei Nº 12.305, de 2 de agosto de 2010 - institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos, dispondo sobre seus princípios, objetivos e instrumentos, bem como sobre as diretrizes relativas à gestão integrada e ao gerenciamento de resíduos sólidos, incluídos os perigosos, às responsabilidades dos geradores e do poder público e aos instrumentos econômicos aplicáveis.

Política Nacional de Saneamento Básico

 

LEI Nº 11.445, de 5 de janeiro de 2007 - estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico; altera as Leis nos 6.766, de 19 de dezembro de 1979, 8.036, de 11 de maio de 1990, 8.666, de 21 de junho de 1993, 8.987, de 13 de fevereiro de 1995; revoga a Lei no 6.528, de 11 de maio de 1978; e dá outras providências.

Common Cause : The Case for Working with our Cultural Values

WWF

 

Causa Comum: O Caso para trabalhar com nossos valores culturais - explora a importância dos valores culturais no trabalho e destaca como as comunicações, campanhas e políticas de governo podem ativar e reforçar alguns valores em detrimento de outros. As organizações podem encontrar uma causa comum no trabalho para ativar e reforçar valores intrinsecos úteis e diminuir valores extrinsecos inuteis.

Parceria entre Poder Público e Iniciativa Privada

Assed Bittar Filho

 

O texto apresenta o registro de parte da história do setor industrial de Rio Claro, evidenciando algumas parcerias bem sucedidas entre a iniciativa privada e setor público.

Fundo Nacional sobre Mudança do Clima

Presidência da República

 

DECRETO Nº 7.343, DE 26 DE OUTUBRO DE 2010 - Regulamenta a Lei no 12.114, de 9 de dezembro de 2009, que cria o Fundo Nacional sobre Mudança do Clima - FNMC, e dá outras providências.

Potencial de conflitos do uso da água para produção de flores na região metropolitana de Bogotá

Cláudio di Mauro, Nancy Ainda buitrago Bermúdez, Oscar Buitrago Bermúdez

 

Trabalho apresentado na Conferência Internacional da Rede Waterlat Memorial da América Latina – São Paulo 25 a 28 de outubro de 2010 Seção: Conflitos pela Água na América Latina

A construção de um meio ambiente saudável para Rio Claro (SP)

Manuel Rolando Berríos

 

O trabalho destaca a importância das políticas de desenvolvimento agrícola nos municípios. São apresentadas as transformações ocorridas na agropecuária do município de Rio Claro nos séculos XIX e XX. Destaca-se o papel do Conselho Agrícola Municipal e a Diretoria de Agricultura, nos planos, projetos e ações para o setor rural e as principais atividades agropecuárias do município.

Relações de Trabalho

Jouber Natal Turolla

 

Nosso escrito é fruto de análise das relações de trabalho no Município de Rio Claro enquanto empregador, não perdendo de vista o fato de que em nosso município não foi adotado o Regime Jurídico Único de que trata a Constituição Federal em vigor, tendo a nossa Lei Orgânica mantido o Regime Estatutário para alguns e o Regime Celetista para outros.

Diagnóstico da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba

Agência Nacional de Águas

 

O documento corresponde ao “RP-03 – Diagnóstico da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba – Parte B” Revisão 1 (maio/2011)relativo ao Contrato n° 012/ANA/2010 celebrado entre a Agência Nacional de Águas (ANA) e a Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (COBRAPE). O contrato visa a elaboração do Plano de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio Paranaíba (PRH-Paranaíba).

Memórias, Obras e Reflexões

José Lincoln de Magalhães

 

Apontamentos sobre a Administração Municipal de Rio Claro (SP) no período de 1983-1987, apresentando um panorama político e administrativo. O autor procura destacar de recente passado muitas das conquistas verificadas, bem como perdas registradas a partir dali. Com isso, espera contribuir para maior compreensão da realidade.

Ocultos e Excluídos

José Roberto Sant’ana

 

Ensaios sobre a história de Rio Claro (SP) no Século XIX busca sugerir temas e nomes relacionados a Rio Claro que possam vir a ser objeto de pesquisas capazes de garantir inclusões úteis à história e cultura das novas gerações. Os ensaios recuperam traços de personagens que, não obstante tenham cumprido destacada biografia, encontram-se quase que excluídos da crônica tradicional.

A Agropecuária em Rio Claro: A Importância das Políticas Agrícolas Municipais

Miguel Cézar Sanchez; Silvio Carlos Bray

 

O trabalho destaca a importância das políticas de desenvolvimento agrícola nos municípios. São apresentadas as transformações ocorridas na agropecuária do município de Rio Claro (SP) nos séculos XIX e XX. Destaca-se o papel do Conselho Agrícola Municipal e a Diretoria de Agricultura, nos planos, projetos e ações para o setor rural e as principais atividades agropecuárias do município.

Navegue por nossas páginas e leia outros textos